Bem-vindo viajantes

Bem-vindo viajantes! Esse blog tem como objetivo tornar público algumas questões, reflexões e vivências que tenho tido, daí o nome "Viagens de Paulo Pom". As postagens e discussões desse espaço envolverão os seguintes temas: meio ambiente, sustentabilidade, ciclismo e cicloturismo, montanhismo e vivência ao ar livre. Mas viagens por outros mundos também serão feitas...

domingo, 25 de agosto de 2013

CALOI 10 - 1976 - AMARELA

Vou contar a história dessa bela CALOI 10 amarela, que pertence ao leitor desse blog, Chico Pinheiro, de Porto Alegre - RS.

A Caloi 10 do nosso leitor Chico Pinheiro.
O Chico desejava adquirir uma bicicleta speed usada para personalizar. 

Na primeira bicicletaria que ele passou lá estava ela, uma CALOI 10 amarela, com a pintura desgastada, algumas peças oxidadas, mas aparentemente original.


O decalque frontal intacto. Mas as pintura bem desgastada...
Ao ver essa preciosidade, o Chico se encantou e perguntou para atendente da loja se a CALOI 10 estava a venda. E a resposta foi afirmativa.

A tradicional mesa "DIA-COMPE" 
Nosso amigo ficou bastante interessado, pois, apesar da "péssima aparência" (suas próprias palavras), a bicicleta possuía uma originalidade ímpar e fez com que Chico voltasse ao tempo de sua adolescência, especialmente no início dos anos 1980.
A parte frontal da bicicleta e o tradicional
freio "DIA-COMPE", com o decalque intacto.
Mesmo com todo interesse, ele deixou para depois a decisão sobre a compra da bicicleta. Mas  a  CALOI 10 não saía de sua cabeça:

"Fiquei um fim de semana com ela na cabeça imaginando que era justamente o que eu procurava, peças japonesas em alumínio e o melhor o quadro 23 ou seja 23 polegadas (mais alto) ideal pra quem tem acima de 1,80m de altura, que é meu caso".

O protetor de corrente, o câmbio dianteiro e o pedal:
tudo original e em bom estado.
E assim, uma semana depois ele voltou para a bicicletaria decidido levar para casa o seu objeto de desejo. Mas, quando colocou os pés na loja e deu aquele primeiro olhar geral, veio o susto: CALOI 10 não estava mais no local...

O eixo dianteiro e os raios:  originais
Em seguida, a mesma atendente lembrou do nosso amigo e o tranquilizou, dizendo que a CALOI 10 ainda estava lá e que reduziria o valor de venda se o pagamento fosse em dinheiro.

Na região traseira da bicicleta, tudo original:
cambio, corrente, coroas... 
O Chico não hesitou: fechou na hora e levou seu sonho para casa.


Em casa, nosso amigo analisou todas as peças e percebeu que ela era toda original e em bom estado: dos terminais de cabos, até o velho e bom banco com estofamento frisado, mesa e freios Dia-Compe, câmbios, manetes, pedais, até os pneus "jet caju" da Pirelli... uma relíquia!!!


O Chico deduziu que se trata de um modelo de 1976.

Os trocadores de marcha... uma relíquia
Quando o Chico me escreveu, ele estava com um dilema: modifica-la ou reforma-la e manter todas as características da época. Espero que ele tenha optado pela segunda alternativa...


Quem quiser contatar o Chico Pinheiro: 


Quer ver sua bicicleta antiga ou sua história curiosa de ciclismo nesse blog? Faça como o Chico, mande-me um e-mail (paulorobertopom@gmail.com), contando um pouco da história e mandando fotos em alta resolução. 

Vejam mais postagens sobre Caloi 10 e similares: 

- Caloi 10 zerada, na caixa:

- A restauração da minha Caloi 10 (1975):

- Caloi 10 dourada (1978):

- Caloi 10 Sportíssima (1976):

- Lindíssima Caloi 15 (1979):

- Caloi Sprint 10:

- Diversas bicicletas Caloi antigas:

- Caloi Ceci antiga:

- Caloi Ceci restauração:

4 comentários:

  1. Olá amigo Paulo. Boa noite. Tudo bem? Permaneço aguardando resposta do e-mail enviado com as fotografias das Peugeots, que tirei a seu pedido e a postagem das mesmas, que ofereceu fazer. Grato. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde amigo.
    Ganhei recentemente uma bicicleta de meu pai, e analizando as suas fotos ela é parecida com caloi de 1976. Gostaria de restaurar e se teria algum que poderia me indicar nas proximidades da baixada Santista.

    ResponderExcluir
  3. Tive a minha Caloi 10 recentemente furtada em Maringá PR.
    Estava há mais de 40 anos comigo.

    ResponderExcluir
  4. Atemporal.
    Me refiro a este meu comentário em relação a data de postagem do xará Paulo Pom. Mas a internet não tem limites quanto a isto, então vamos lá.
    Essas fotos da Caloi 10... Recordações, muitas... Ganhei uma de meu pai em 1979. Igual... Tudo, as peças, a cor, tudo mesmo. Os pneus jet cajú! Ah, eu sabia tudo o que estava escrito na minha bicicleta. Havia uma diferença, que recordei agora. O quadro era um pouco mais baixo em relação ao solo que este. Nos encaixes do quadro havia uma espécie de "luva" - não sei como definir melhor - que unificava as partes e nesta "luva" havia um recorte do formato de um coração. Bom, agora que relembrei de alguns detalhes como este acima... Posso dizer para todos, que a passagem da minha infância para a juventude foi em companhia de uma Caloi 10 amarela. Que as minhas paixões fizeram ser o homem que sou hoje.
    E que os bons amigos daquela época estejam como boa saúde e uma vida plena.

    ResponderExcluir